EFFICIENCY OF THE BIOÁGUA SYSTEM IN THE TREATMENT OF ASHES WATERS

  • Enedina Aira Alves da Silva Federal Rural University of Semi-Arid (UFERSA)
  • Francisco Erivan da Silva Federal Rural University of Semi-Arid (UFERSA)
  • Maria Eliza Leite da Silva Federal Rural University of Semi-Arid (UFERSA)
  • Marcella de Sá Leitão Assunção Federal Rural University of Semi-Arid (UFERSA)
Keywords: Efficiency, System, Treatment

Abstract

Gray water reuse has been the object of study and application for different purposes such as sanitary discharge, fire protection, agricultural irrigation, among others. In the semi-arid region of northeastern Brazil, gray water reuse presents itself as an alternative to alleviate the problem of water scarcity. The present work had as general objective to evaluate the efficiency of the treatment of the gray waters by the bio - water system in a rural residence of Olho d'Água do Borges, Rio Grande do Norte. The filter unit had downflow, surface area of 1.77m² and filled with two layers of organic material (humus and wood sawdust) and two layers of inorganic material (gravel and rolled pebble), distributed in a depth of 1m. In the implanted system, three samples of crude gray water were collected, filtered and stored in the reuse tank to monitor pH, apparent color, turbidity, total dissolved solids, electrical conductivity, calcium, magnesium, potassium, sodium and Escherichia coli. The results showed that gray water has presented satisfactory values for its use in irrigation

References

ANJOS, S. Tecnologias e Projetos para Conviver com o Semiárido. Disponível em: . Acesso em: 05 de fevereiro de 2017.BORGES, Luciana Zabroki. Caracterização da água cinza para promoção da sustentabilidade dos recursos hídricos. 2003. 103f. Tese (Mestrado em Engenharia). Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2003.
BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução n.357, de 17 de março de 2005. Disponível em:. Acesso em: 05 de fevereiro de 2017.
EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Fossas Sépticas Biodigestoras em Sistemas Agrícolas Familiares na Borda Oeste do Pantanal. 2010.
HESPANHOL, Ivanildo. Potencial de reuso de água no Brasil: agricultura, indústria, município e recarga de aquíferos. In: MANCUSO, Pedro Caetano Sanches; DOS SANTOS, Hilton Felício (Editores). Reúso de água. Barueri: Manole, 2003a. cap.3.
INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censos demográficos 2010. Cidades@. Rio Grande do Norte. Olho D’água do Borges. Censo demográfico 2010: características da população e dos domicílios: resultados do universo. Disponível em: . Acesso em: 08 de fevereiro de 2017 (IBGE, 2010).
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E MEIO AMBIENTE DO RIO GRANDE DO NORTE (IDEMA). SiGGA WEB. Disponível em: . Acesso em: 02 de fevereiro 2017.
MAY, Simone. Caracterização, tratamento e reuso de águas cinzas e aproveitamento de águas pluviais em edificações. 2009. 223f. Tese (Doutorado em Engenharia). Universidade de São Paulo, Escola Politécnica. São Paulo, 2009.
MENDONÇA, Pedro de A. Ornelas. Reuso de água em edifícios públicos o caso da escola politécnica. 2004. 164f. Tese (Mestrado). Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2004.
MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE (MMA). Secretaria de recursos hídricos. Programa de ação nacional de combate à desertificação e mitigação dos efeitos da seca PAB- Brasil. 2004.
PAPINI, S.; ANDRÉA, M. M. Ação de minhocas Eisenia foetida sobre a dissipação dos herbicidas simazina e paraquat aplicados no solo. Rev. Bras. Ciênc. Solo, v.28, n.1, Viçosa, 2004.
PROJETO DOM HELDER. Disponível em: Acesso em: 02 de fevereiro de 2017.
SANTIAGO, F. dos S. JALFIM, F. T.; DOMBROSKI, S. A. G.; GOMES-SILVA, N. C.; BLACKBURN, R. M.; SILVA, J. K. M da; NETO, L. M.; VALENÇA, J. R. de F.; NANES, M. B.; RIBEIRO, G. A. Bioágua Familiar Reuso de água cinza para a produção de alimentos no Semiárido. Recife, PE, Projeto Dom Helder Câmara 2012, 20 p.
Guidelines for the safe use of wastewater, excreta and greywater. Wastewater use in agriculture. v.II. Geneva: World Health Organization, 2006a.
Published
2019-12-12
Section
Artigos